• Blog
  • Turismo Gourmet: Especiarias e sabores únicos do Chile

Turismo Gourmet: Especiarias e sabores únicos do Chile

: Chile Travel | : 3 abril, 2020 | : Vinhos e Gastronomia ,

Você já sabe! Quando você viaja não percorre apenas paisagens que o surpreendem ou pessoas inesquecíveis que ficam em seu coração, você também saboreia sua cultura e suas tradições culinárias. Por isso, convidamos você a conhecer as especiarias e os sabores únicos do Chile, em uma aventura que pode começar desde sua cozinha.

E se precisamente o que lhe encanta é cozinhar e viajar através do paladar, contamos que o Chile oferece temperos que o transportarão até o extremo sul do mundo em cada colherada. Picantes, doces, muito coloridos e um pouco exóticos, temos certeza que as especiarias únicas do Chile o surpreenderão.

Imagen de mujer Mapuche con Hierbas Medicinales

Aqui compartilhamos uma seleção destes alimentos imperdíveis:

1.- O Merkén

Seu nome é proveniente da expressão em mapudungún, a língua do povo mapuche, medkeñ chadi, que significa “sal moído”, porque inicialmente era um tempero feito de sal triturado misturado com pimenta.

O merkén é um tempero típico e com sua origem nos povos originários do sul do Chile. Está composto de somente três ingredientes: uma unidade da pimenta conhecida como ‘cacho de cabra’ seca e defumada, coentro e sal.

Este condimento com aroma de terra e fumaça chamou a atenção de cozinheiros profissionais, os quais o têm utilizado para temperar modernas preparações como carnes, peixes, frango, batatas, azeites, vinagres, doces, chocolates e frutas.

Embora o merkén tenha se tornado popular em nosso país há poucos anos, atualmente é um dos temperos de maior interesse para os amantes da boa mesa e especialmente dos sabores picantes.

Hoje é um produto exportado para diferentes países e se você tiver a chance de experimentá-lo, não duvide em fazê-lo porque será um encontro muito especial com os sentidos.

2.- Ovos azuis do sul do Chile

Os ovos azuis do sul do Chile são uma característica essencial e especial da galinha mapuche. Por muito tempo se pensava que os ovos azuis, pelo fato de terem a casca azulada, tinham menos colesterol, mas isto não é certo. Hoje se sabe que a galinha mapuche bota ovos com menos colesterol porque sua alimentação é mais saudável ou natural, ao serem criadas geralmente nos campos e bosques chilenos.

A cor da casca é tão particular que em distintas prateleiras do comércio gourmet em Londres, Nova Iorque ou Tóquio, estes ovos são vendidos como produtos premium.

 Antigos relatos falam de um pacto entre galinhas e mapuches (gente da terra). As aves botariam ovos azuis para os mapuches e, em troca, as pessoas entregariam seus cuidados e honrariam sua presença nas cerimônias de agradecimento ou de prece.

Todos os anos, no dia 9 de fevereiro, na cidade de Río Negro no sul do Chile, é comemorado o Festival do Ovo Azul onde é preparada na praça principal do povoado a maior frigideira do mundo com 3950 ovos. Uma comemoração imperdível!

Huevos azules Mapuches

3.- Rica Rica

Aromática erva típica do norte do Chile, a rica rica era normalmente usada pelo povo aimará para tratar doenças estomacais e de pós-parto nas mulheres. Atualmente é uma especiaria imperdível na preparação de drinques de coquetelaria fina dos povoados próximos ao Deserto de Atacama.

Convidamos você a saborear o Rica Rica Sour, um drinque a base de pisco, limão e esta erva perene que proporciona um bocado de sensações a quem o degusta.

Alcantholippia deserticola phil” é seu nome científico e corresponde à família Verbenaceae. Dona de belas flores de cor violeta, suas folhas e galhos também conseguiram se destacar na fabricação de produtos cosméticos como cremes e perfumes, graças a seus benefícios e a seu impregnante aroma de toques cítricos.

4.- Sal de Cáhuil

Cáhuil é um pequeno povoado chileno localizado 15 km ao sul de Pichilemu, na foz do esteiro Nilahue. Seu nome provém da gaivota cáhuil ou gaivota-maria-velha, ave comum da zona, a qual já é reconhecida pela produção artesanal de sal de mar.

O sal de Cáhuil é puro, sem nenhum produto químico além de água. O tratamento é completamente manual e a mescla de água é trabalhada desde o lago e o mar entra até as zonas das salinas para ser processado naturalmente.

Por ser um produto sem refinar não possui sódio adicionado, o que equivale a quase 30% menos de sódio em comparação ao sal refinado. Também ajuda a eliminar o excesso de acidez através da urina, a manter a força e a tonicidade muscular, como também a regular as funções do sono, entre outros benefícios.

Ao experimentá-lo você vai querer levar, sem dúvida, quilos e mais quilos a seu país natal!

imagen de la sal de cahuil

5.- MAQUI

Seu nome científico é “Aristotelia chilensis”, mas este fruto silvestre é conhecido popularmente como maqui e é próprio do sul do Chile.

As bagas de maqui são uma fruta deliciosa de sabor seco e cor púrpura escura intensa, o que entrega imediatamente quem a experimenta. De um tamanho médio entre 5-6 mm, é comum vê-lo nas ruas e nos campos chilenos.

Conhecido como um superalimento por suas grandes propriedades como antioxidante natural, também contém componentes anti-inflamatórios, antiadipogênicos, antiaterogênicos e cardioprotetores, todos relacionados com seu alto conteúdo de antocianinas, flavonoides e ácidos fenólicos.

Uma receita imperdível são os sucos de maqui no verão, com um toque de açúcar para os mais doces, e no inverno as sobremesas e tortas com esta fruta enfeitam as mesas chilenas.

Imagen del fruto del Maqui chileno

6.- ALHO DE CHILOÉ

Grande, carnudo e de intenso sabor, o alho de Chiloé ou chilote é um produto típico da Ilha grande de Chiloé no sul do Chile e seu sabor é uma mistura intermediária entre o alho e a cebola.

Para o uso em comidas e preparações gourmet são utilizados os de cor marrom-dourado que entregam aos pratos um tempero similar aos alhos normais; e os de tonalidade púrpura são ideais para assar, defumar e em seguida criar pastas que podem ser degustadas com bolachas e massas. Ou como você quiser, são realmente uma explosão de sabores no paladar.

Bônus

7.- A sopaipilla e o pebre chileno

A sopaipilla chilena é uma das massas fritas mais tradicionais, tanto que se tornou uma das comidas rápidas preferidas dos chilenos de todas as idades. É servida doce ou salgada e existem muitas formas de prepará-la, mas aquela com abóbora cabotiá e submersa em um molho doce de chancaca é a que leva todos os aplausos.

Em quase todas as cidades existe uma infinidade de carrinhos de comida vendendo sopaipillas durante o ano todo. Cada um destes lugares compete para ser “o rei da sopaipilla”, oferecendo grande variedade de acompanhamentos, como distintos tipos de molhos de pimenta, pebre, chucrute, mostarda, ketchup, queijo, açúcar de confeiteiro, mel e muitos mais. Nestes carrinhos de comida de rua, os vendedores as fritam à vista do público e cada pessoa pode colocar o complemento desejado.

A receita chegou à América em 1700, junto com os colonizadores espanhóis que as chamavam “sopaipa”, palavra de origem árabe que significa “pão molhado em azeite”. Os araucanos as batizaram como “sopaipillas” em homenagem a uma ave da região.

A contribuição americana foi dar o banho de chancaca, um produto típico da confeitaria chilena elaborado com açúcar sem refinar e melaço, aromatizado com canela e casca de laranja ou limão.

Mas também é acompanhada muito bem com o famoso Pebre, um molho que tem como base pimenta fresca e, dependendo da criatividade do cozinheiro, pode incluir tomate, cebola ou alho, entre outros ingredientes e temperos.

Em quase todos os restaurantes do Chile você o verá servido junto com o pão como aperitivo antes de fazer seu pedido e poderá ser um acompanhamento ao comer pratos típicos como caldos, porotos granados, carnes ou choripanes em um churrasco.

A palavra pebre poderia ter sua origem no mapudungún “pibrenku”, que quer dizer pobre com olheiras. Porém, surge como mais provável a tese de que deriva diretamente do termo catalão “pebre” que significa pimenta.

E assim poderíamos continuar com muitas outras especiarias e sabores únicos do Chile que farão seu paladar viajar nos aromas e texturas nativas de nosso território. Atreva-se a experimentar temperos e produtos novos que farão de sua viagem uma experiência saborosa em todo o sentido da palavra!


: Chile Travel

Chile Travel
Guía para descubrir los destinos excepcionales que se encuentran de norte a sur en Chile, compartiendo información y valiosos datos con todos los viajeros que aman su naturaleza indómita, paisajes llenos de contrastes y, por sobre todo, la calidez de su gente.

Guía para descubrir los destinos excepcionales que se encuentran de norte a sur en Chile, compartiendo información y valiosos datos con todos los viajeros que aman su naturaleza indómita, paisajes llenos de contrastes y, por sobre todo, la calidez de su gente.