• Blog
  • Nós somos verdes! Turismo e proteção do meio ambiente no Chile

Nós somos verdes! Turismo e proteção do meio ambiente no Chile

: Chile Travel | : 14 maio, 2019 | : Cultura , Naturaleza ,

A beleza natural do Chile em seus 4.000 kms. da costa, com sua imponente Cordilheira dos Andes e a diversidade de suas paisagens e climas, levam ao turismo e junto à proteção do meio ambiente. No Chile o cuidado do seus tesouros naturais únicos é respeitado, como o mágico deserto de Atacama, as florestas exuberantes de flora nativa e magníficas geleiras no fim do mundo.

Mas isso não é tudo, o Chile também pode se orgulhar de ser um dos países com a maior quantidade de territórios selvagens e virgens no mundo. Dentro de seu vasto território, possui mais de 14 milhões de hectares protegidos, seja dentro dos Parques, Reservas ou Monumentos Nacionais.

Ou seja, 19% do território é equivalente a áreas protegidas pelo Estado. Esta impressionante estatística demonstra o compromisso do Chile com a conservação, proteção e preservação do meio ambiente, sua flora e fauna.

Imagen de un grupo de turistas realizando observación de flora y fauna en el Parque Nacional Alerce Costero

ECOTURISMO E TURISMO SUSTENTÁVEL

Falar de turismo sustentável, hoje em dia, não é mais uma novidade. Muitos países optaram por um turismo amigável e sustentável que defende a preservação e o respeito do meio ambiente, e o Chile não fica para trás, respondendo às necessidades de maneira comprometida e ativa.

Mesmo assim, há muitos desafios pela frente, mas o progresso é feito porque a imensa variedade de Parques Nacionais e Reservas abre o caminho para um turismo ecofriendly.

Manter uma proteção constante do meio ambiente, não só garante a vida longa de todas as espécies que nele habitam, como também garante o bem-estar das gerações futuras, por isso é importante tornar esta ação um hábito que, e não deixar perder-lo, assim será comum entre todos sempre melhorar as condições do meio ambiente a cada dia.

PROTEÇÃO DAA FLOR E FAUNA CHILENA

Junto aos esforços do Chile para conservar e preservar o meio ambiente, existem várias organizações dedicadas a proteger o seu Patrimônio Natural e Cultural. O Sistema Nacional de Áreas Silvestres Protegidas do Estado (SNASPE) é responsável pelo cuidado de ecossistemas, solos, florestas, fauna e paisagens.

O SNASPE incorpora periodicamente vários territórios como áreas protegidas, a fim de salvaguardar a flora e a fauna destes lugares, além de cuidar também importantes evidências arqueológicas ligadas a povos pré-colombianos.

Dentro dos Parques, Reservas ou Monumentos Naturais, a CONAF (Corporação Florestal Nacional) faz um ótimo trabalho tentando manter e proteger o grande patrimônio natural que o Chile possui.
É por isso que passos importantes foram dados para promover o desenvolvimento de hotéis sustentáveis e a melhoria do ecoturismo no país. Além disso, o Serviço Nacional de Turismo (SERNATUR) concede o selo S para hotéis que respeitam o meio ambiente e são necessárias autorizações especiais para guias e operadores turísticos em áreas selvagens protegidas pelo Estado.

Imagen de un zorro en el Desierto de Atacama en el norte de Chile

SELO S PARA HOTÉIS

O “S” da sustentabilidade é uma certificação que garante que o lugar de hospedagem atenda aos requisitos internacionais nos âmbitos ambiental, econômico e sociocultural.

Assim, visitantes estrangeiros e nacionais podem identificar as acomodações que se destacam com um selo verde, entregue pelo Serviço Nacional de Turismo, que tem uma lista para informar sobre como encontrar esses serviços: www.chilesustentable.travel/distincion/empresas-y-mapa/

É assim que o Chile se posiciona no mundo como um destino turístico de classe mundial que, além de sua ampla e atraente oferta, será reconhecido como um país imperdível para o turismo e a proteção do meio ambiente.

TURISMO E PROTEÇÃO DO MEIO AMBIENTE NO CHILE TURISMO

CERTIFICADO

Da mesma forma que os hotéis podem optar por ter seu selo verde e serem reconhecidos como locais ecologicamente corretos, os responsáveis por mostrar e orientar visitantes em áreas protegidas devem ter uma permissão especial que assegure um respeito real ao meio ambiente onde exploram turisticamente.

O objetivo desta medida é formalizar os serviços turísticos e contribuir para uma boa gestão na proteção e conservação do enorme capital natural do Chile.

Essa formalização implica a assinatura de um contrato entre a CONAF e o prestador de serviços turísticos, detalhando os acordos e compromissos entre ambas as partes, para que os turistas tenham certeza de que a visita a uma Reserva Natural ou a um Parque Nacional atende aos padrões de proteção do Meio Ambiente.

RESERVA BIOLÓGICA HUILO HUILO

Um exemplo é o que tem sido feito na Reserva Biológica Huilo Huilo, reconhecida com vários prêmios internacionais por sua responsabilidade com o meio ambiente e com as comunidades locais envolvidas neste projeto.

A Reserva protege mais de 100 espécies de diferentes aves e outros animais, como o Sapito de Darwin, o Monito del Monte e o Pudú. Mas, acima de tudo, protege Huemul, que está em perigo de extinção devido ao desmatamento. Além disso, protege árvores centenárias como Coigüe, Raulí, Ulmo, Avellano e muito mais.

Para visitá-lo, é aconselhável levar alguns dias para aproveitar as paisagens e compartilhar com as comunidades mapuches. Entre as excursões recomendadas estão trekking por trilhas botânicas para conhecer a flora e a fauna endêmicas.

Imagen de los árboles de la reserva de la naturaleza que es Huilo Huilo en el sur de Chile

PROTEÇÃO DA ANTÁRTICA

Outra área que é exemplo e prioridade no cuidado com o meio ambiente é a Antártida, onde os efeitos que a mudança climática na zona sul do Chile podem ser prejudiciais para todo o mundo.

O objetivo principal é manter aqueles mares virgens e certos territórios bem longe de atividades econômicas como a exploração de mineração, hoje proibida na Antártida, permitindo somente para ações científicas.

Em 1991, se asinou um acordo que estabeleceu a Antártica Chilena como “uma reserva natural dedicada à paz e à ciência”.

Imagen de los glaciares y montañas nevadas de la Antártica Chilena

NOVA LEI RAPA NUI

Rapa Nui é uma ilha em territorio chileno que se tornou um dos destinos emblemáticos do país e o sonho paradisíaco da maioria dos amantes de viagens, cujo objetivo é conhecer as terras dos Moais.

Terra que desde fevereiro de 2019 tem uma nova lei que regula a entrada e estadia de turistas, a fim de evitar danos em nível ecológico e salvaguardar a cultura da ilha.

Desta forma, a Lei nº 21.070 proíbe estadias de mais de trinta dias em Rapa Nui para todos aqueles que não são nativos da ilha, e não possuem vínculos familiares ou de trabalho com o destino.

Os regulamentos também exigem que todas as pessoas que entram no destino tenham carteira de identidade, passaporte ou documento de viagem aceito e  individual. E que cada visitante mostre sua passagem de ida e volta, reserva de hospedagem ou o convite de um morador da Ilha.

Nova regulamentação que além de cuidar do meio ambiente, evita a superpopulação e protege a tranquilidade dos nativos da ilha, que levam um estilo de vida fortemente ligado à natureza. Informe-se sobre os detalhes deste novo regulamento que busca atender o chamado “O umbigo do mundo” aqui:  https://www.gob.cl/rapanuiprotegida-en/

Imagen de los Moai de Isla de Pascua en un colorido atardecer

TERRITÓRIOS SELVAGENS E VIRGENS

Além de todas as medidas para garantir o turismo ecológico, o Chile propôs conservar intocados seus vastos territórios naturais dentro dos Parques e Reservas, tentando tornar o impacto humano em certas áreas quase imperceptível. Alguns desses lugares mágicos são:

PARQUE NACIONAL DE LAUCA

No extremo norte do Chile, Lauca não é apenas remota devido à sua localização geográfica, mas também por causa de sua alta altitude entre 3.000 e 6.300 metros acima do nível do mar.

O majestoso Lago Chungará é um refúgio para uma grande variedade de pássaros, assim como animais como vicunhas e vizcachas. A imagem deste lago guardado pelos vulcões Parinacota e Pomerape faz deste lugar uma verdadeira pintura surrealista.

PARQUE NACIONAL DO VULCÃO DE ISLUGA

Esta maravilhosa área preservada é o lar de uma das concentrações mais impressionantes da flora e fauna andinas. Este belo parque está localizado entre vulcões, lagoas e colinas sagradas para o povo aimara.

Entre sua fauna protegida estão as suri, as taguas andinas, as vicunhas e três espécies de flamingos, muito difíceis de encontrar em outras partes do mundo.

Imagen panorámica del Volcán Isluga y la vegetación árida que lo rodea

RESERVA NACIONAL KATALALIXAR

Esta enorme área impossível conquistar, não tem acesso por terra, portanto poucas pessoas tiveram o prazer de conhecer os seus inóspitos 674.000 hectares de floresta de Magalhães.

É por isso que este vasto terreno permanece inalterado da presença humana e seus relevos cheios de canais, ilhas e ilhotas, são um maravilhoso refúgio para pássaros e mamíferos, como pingüins, leões marinhos, chucaos e tordos.

No Parque existem florestas sempre verdes com espécies como o ciprés de las Guaitecas, Coigüe de Chiloé, Tepú e Tineo. Na sua fauna, destacam-se aves marinhas como o pinguim, cormoranes e gaivotas. Além de aves terrestres como chucao, zorzal, sapos, martim-pescador e mamíferos como leões marinhos comuns e finos, chungungo, coipo, güiña e pudu, entre outros.


: Chile Travel

Guía para descubrir los destinos excepcionales que se encuentran de norte a sur en Chile, compartiendo información y valiosos datos con todos los viajeros que aman su naturaleza indómita, paisajes llenos de contrastes y, por sobre todo, la calidez de su gente. // A guide to discover extraordinary destinations from north to south of Chile, sharing information and important data with travelers that love its untamed nature, landscapes full of contrasts and, above all, the warmth of its people.

Guía para descubrir los destinos excepcionales que se encuentran de norte a sur en Chile, compartiendo información y valiosos datos con todos los viajeros que aman su naturaleza indómita, paisajes llenos de contrastes y, por sobre todo, la calidez de su gente. // A guide to discover extraordinary destinations from north to south of Chile, sharing information and important data with travelers that love its untamed nature, landscapes full of contrasts and, above all, the warmth of its people.