Palácio de La Moneda

O Palácio de La Moneda é um dos símbolos mais representativos da história política do Chile. Projetado pelo arquiteto Joaquín Toesca, este palácio serve como sede do poder executivo do país. Foi inaugurada em 1805 como sede da Casa da Moeda Real de Santiago, destinada à cunhagem de moedas. Em 1846, a casa do governo foi transferida para este edifício, que foi habitado pelos presidentes da República até 1958. Foi declarado Monumento Nacional em 1951.

O Palácio de La Moneda, além disso, foi palco de um dos eventos mais dramáticos da história do Chile. Em 11 de setembro de 1973, o prédio foi bombardeado. Posteriormente, foi restaurado, seguindo as linhas originais de Toesca.

Embora a entrada em seu interior seja permitida apenas com uma visita guiada, reservada com pelo menos uma semana de antecedência, é possível ver a troca da guarda presidencial, explorar os jardins deste magnífico palácio neoclássico e apreciar as exposições de arte do local. Centro Cultural Palacio La Moneda, localizado no subsolo da Plaza de la Ciudadería.

O Palácio da Moneda, ponto central da Plaza de la Constitución, está localizado no centro de Santiago, a 10 minutos a pé da Plaza de Armas e é imperdível para quem visita a capital chilena.