• Blog
  • DIA MUNDIAL DO CLIMA E A LUTA CONTRA AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

DIA MUNDIAL DO CLIMA E A LUTA CONTRA AS MUDANÇAS CLIMÁTICAS

: Solange Passicot | : 24 março, 2021 | : Blog , Natureza ,

26 de março é o Dia Mundial do Clima, declarado pelas Nações Unidas para aumentar a conscientização sobre a importância das mudanças climáticas para as pessoas e suas atividades.

O clima é tão essencial que influencia todos os seres vivos da Terra, pois determina a distribuição particular dos ecossistemas e a existência de diferentes ambientes nos quais a vida vegetal, animal e humana se desenvolve.

É por isso que o Dia Mundial do Clima é tão importante, e ainda mais no Chile, um país que por sua extensão, com desertos, planícies, cordilheiras, lagos, rios, florestas, vulcões e até geleiras, diferentes ecossistemas coexistem, todos igualmente importantes e vitais para todo o país ou planeta.

Foto:[ @sergiohernandez._ ]
lago-cota-parinacota

Por isso, devemos nos conscientizar e contribuir com ações que promovam a preservação do clima onde vivemos. Aqui estão algumas medidas que podem ser tomadas para ajudar a combater as mudanças climáticas.

Desertificação como ameaça ao meio ambiente

A desertificação é o processo pelo qual terras férteis em áreas secas são transformadas em terras improdutivas. Suas causas são variadas, mas as principais são a atividade humana e as mudanças climáticas. Esse fenômeno reduz a diversidade biológica, afeta a produtividade e a saúde do ecossistema e, consequentemente, a disponibilidade de alimentos para todas as espécies.

https://www.instagram.com/p/CC_C68AlR6i/
Foto:[ @fabiomallon ]

Atualmente, o Chile enfrenta um grande desafio na proteção de suas terras. Estima-se que 21,7% do território nacional continental está sendo afetado pela desertificação. Entre as causas que contribuíram para o problema estão as queimadas de lavouras, o corte de florestas, o excesso de pastoreio, os incêndios florestais e o uso indevido da terra.

A desertificação é uma ameaça pouco conhecida, mas deve ser levada em consideração promovendo uma agricultura sustentável adaptada ao clima, plantando árvores, gerenciando os recursos hídricos, planejando atividades agrícolas e pecuárias, entre outros.

flamencos

Foto:[ @eva_ma_bo ]

Reflorestamento, uma segunda chance para os ecossistemas

O reflorestamento é fundamental para a saúde dos ecossistemas e para o combate às mudanças climáticas, principalmente as árvores nativas, por quê? Porque são as que concentram mais da metade da biodiversidade terrestre do planeta. Além disso, contribuem para a conservação do solo, purificação do ar e disponibilidade de água.

bosque

Foto:[ @niicosoto ]

Vale a pena comentar aqui que, o plantio estratégico de árvores reduz a temperatura do ar entre 2 ° C e 8 ° C? As plantações de espécies nativas só trazem benefícios, 75% da água doce consumida no mundo vem de florestas, são uma barreira protetora de solos em erosão, sustentam grande porcentagem da biodiversidade terrestre e, se isso não bastasse, 22 % da população mundial depende deles para seu sustento diário.

araucania-andina

Foto:[ @_javier.eme ]

As florestas atuam como causa e solução para as emissões de gases de efeito estufa, mas ao desmatar se tornam uma fonte que libera CO2 na atmosfera, por isso devemos cuidar ou reflorestar as florestas que ajudam a absorver esses gases e produzir oxigênio.

salto-de-agua
Foto:[ @francisco.ros.t]

É maravilhoso o que as árvores fazem pelos seres vivos! Por isso é tão importante proteger as áreas selvagens que temos em todo o Chile e não só hoje que comemoramos o Dia Mundial do Clima, mas durante todo o ano.

Iniciativas chilenas para promover o reflorestamento

Em 2015, como parte do Acordo de Paris, o Chile comprometeu-se a reflorestar 100.000 hectares e alcançar a neutralidade de carbono até 2050. Para isso, obviamente, várias medidas devem ser tomadas, mas a seguir vamos falar sobre algumas iniciativas que já existem e merecem a ser destacado.

piedra-del-aguila
Foto:[ @martini_fotografia]

A Corporação Nacional de Florestas iniciou em 2010 um programa que visa aumentar o número de árvores em áreas urbanas e urbanas rurais em todo o Chile. Para isso, diversas espécies foram entregues a prefeituras e organizações civis, que se preocuparam em cuidar delas, envolvendo a comunidade na sua proteção.

A Fundação “Reforestemos”, por sua vez, visa a recuperação de florestas nativas, convidando qualquer pessoa ou empresa de qualquer país do mundo a plantar uma árvore.

E tem também a Fundação “Cultiva”, empresa que dá a oportunidade de plantar uma árvore nativa em seu nome ou de um ente querido como forma de semear a vida. Um presente que não tem preço!

desembocadura-rio
Foto:[ @xsebastien]

Como se comenta aqui, neste Dia Mundial do Clima, alguns dos passos cruciais já estão sendo dados para atingir as metas climáticas como um país. Não é uma tarefa fácil, mas sem dúvida o Chile está mostrando que é possível proteger o planeta para as futuras gerações.


: Solange Passicot

Avatar
Escritor de blog para Chile.Travel

Escritor de blog para Chile.Travel