• Blog
  • Adrenalina ao máximo! Viva as aventuras extremas do Chile

Adrenalina ao máximo! Viva as aventuras extremas do Chile

: Chile Travel | : 16 dezembro, 2019 | : Aventura , Naturaleza ,

O Chile é iguaa a adrenalina! Pelo quarto ano consecutivo, o World Travel Awards nos coroa como o Melhor Destino de Viagem de Aventura do Mundo, e queremos desafiá-lo a ver com seus olhos as aventuras extremas do Chile.

Todos já ouviram falar da geografia variada, da natureza privilegiada e das paisagens idílicas do Chile, onde as aventuras são vividas por muitas de pessoas do mundo em todas as épocas do ano. Com experiências para crianças, adultos e idosos serão uma recordação para sempre na sua memória.

Venham conhecer, temos desafios para todos os níveis de experiência por todo o Chile e aqui forneceremos muita segurança para aqueles que querem exceder seus limites,  e que no Chile encontrarão um verdadeiro centro de diversão natural. Faça uma lista e conheça as aventuras mais extremas do Chile.

Imagen de un turista realizando surf

ESCALANDO “O VULCÃO” DA TERRA

O Chile é um país de natureza extrema e diferente, entre as “top 5” que oferecemo está o vulcão Ojos del Salado, que é o mais alto vulcão ativo do planeta (6.891 metros acima do nível do mar, pouco mais de 60 metros a menos que o Monte Aconcágua, o mais alto do continente americano), e esse também é o segundo maior pico dos hemisférios sul e oeste.

Ao leste da cidade de Copiapó, no meio do deserto de Atacama (deserto seco do mundo) sobem os Olhos Nevados do Salado, que o convidam a admirar sua majestade aos que gostam de desafios para admirar sua beleza ao conquistar seu cume. 

Não é difícil começar a subida e mais do que grandes habilidades técnicas é uma longa subida que exige ótimas condições físicas e preparação.

Mas, pouco a pouco, a dificuldade aumenta, à medida que a temperatura cai muito abaixo de zero, somada aos ventos fortes e ao risco sempre esta o risco de sofrer com o mal da altitude.

Chegar ao pico só pode ser realizado durante a manhã, antes do aparecimento dos ventos mais fortes.

Imagen de un turista disfrutando de la vista de las lagunas naturales de Los Ojos del Salado

PROCURE O MOAI DEBAIXO DO MAR DE RAPA NUI 

Conta uma história de que um velho cargueiro queria pegar um Moai de Rapa Nui em 1957, mas que uma forte tempestade fez com que a figura de pedra caísse ao mar. O registro do navio indica que eles tentaram afirmar isso, mas o cabo que o segurava foi cortado e o gigante de pedra deu uma profundidade estimada de 80 metros.

Ele nunca foi recuperado e nem podia ser localizado exatamente.

Mas a comoção e o impacto da narrativa na tradição local foram tais que, após alguns anos e com a ajuda de artesãos locais, uma figura com as mesmas características foi feita e colocada no fundo do mar, a 40 metros de profundidade e apenas A 300 metros da costa oeste da ilha, na baía de Hanga Roa.

Você pode ver esta e outras maravilhas subaquáticas se se aventurar a mergulhar em Rapa Nui, que não são somente três vulcões em sua superfície, mas esconde uma historia cientifica de sua natureza no fundo do mar.

O extremo oeste dessa cadeia vulcânica da Ilha de Páscoa é, de fato, composto por um grupo de vulcões subaquáticos, além de alguns campos vulcânicos de baixa altitude no fundo do mar.

A paisagem no fundo do mar é, como você pode imaginar, surpreendente e sua conformação vulcânica faz com que uma multidão de arcos, cavernas, falésias e plataformas de lava seja um vista surreal aos seus olhos.

As águas são claras e transparentes devido à ausência de plâncton e poluição, que se pode ter uma visibilidade muito boa até 60 metros de profundidade. Uma experiência emocionante com este mergulho em uma enorme cadeia vulcânica submersa!

Imagen de los Moai de Rapa Nui

ESQUI DE CRUZEIROS NO SUPER C

Um dos principais centros de inverno do Chile e do hemisfério sul do planeta, é Portillo, a menos de 170 quilômetros a nordeste de Santiago e a apenas 80 quilômetros da cidade de Los Andes.

Mas não estamos falando só do centro de esqui, mas do desafio extremo que é  fazer o “Super C”. No meio do caminho entre o montanhismo e o esqui, se pode realizar a difícil subida a pé, carregando os equipamentos e equipamentos específicos para a ocasião e não se esqueça dos equipamentos de emergência em caso de avalanches.

Chegando ao elevador onde estará um caminhada inicial fácil, 2 a 4 horas de subida te esperam para chegar até o topo (dependendo da sua condição física e condições climáticas).

Acima, se encontrará uma garganta bastante estreita (couloir) que se abre até chegar à pista do El Estadio. O Super C é uma das áreas mais difíceis de acessar do centro e é considerada fora da área de esqui.

Sua realização é sempre por sua responsabilidade e risco! Nesta linha, o Super C, a descida é muito técnica e difícil, portanto, esteja preparado para uma grande demanda física, além de suas excelentes habilidades de esquiador.

Imagen de un tipo esquiando en Portillo

A DESCIDA DE FUTALEUFÚ, O RIO MAIS INTENSO PARA OS AMANTES RAFTING

As águas agitadas de Futaleufú, “Rio Grande” em Mapudungún, fazem deste rio um dos três melhores do mundo para rafting e caiaque. A 156 quilômetros da cidade de Chaitén e a apenas 10 quilômetros da fronteira com a Argentina, não é fácil chegar aqui, mas o esforço recompensará os amantes da natureza e os desafios extremos.

Existem seções diferentes, dependendo do nível de experiência dos atletas. A seção Puente-Macal é classificada como grau V, a de maior desafio e complexidade, reservada apenas aos mais avançados.

E se realmente são especialistas da aventura de máxima emoção, este é o trecho Río Azul-Macal, que inclui corredeiras de classe V, dificuldade máxima, reservada apenas para atletas com grande experiência.

Esta seção inclui as corredeiras conhecidas como “Terminator”, “Himalaya”, “Mundaca” e “Casa de Piedra”, entre as mais perigosas.

Imagen de un grupo de turistas haciendo rafting

CAMINHAR EM GLACIADORES NA PATAGÔNIA

Já sabemos que, infelizmente, as geleiras correm o risco de desaparecer em todo o mundo. Viva a experiência única de caminhar nas geleiras da Patagônia que ainda mantêm sua beleza única.

Mas lembre-se de que é uma experiência extrema que não se pode aventurar sozinho: contratar serviços de um guia é essencial para evitar os maiores riscos deste rio com suas rachaduras e cavernas. Mas diante de seus olhos e sob seus pés, o gelo esmagador se espalha com as mais diversas formas e surpreendentes tons de azul.

Uma boa condição física é essencial para apoiar as longas caminhadas e o equilíbrio constante que o uso de grampos e cordas frequentemente garante a segurança de sua experiência.

A caminhada nas geleiras ensina que o gelo pode estar vivo, e se pode até ouvirá o barulho das trincas de movimentos e rearranjos.

Imagen de los hielos eternos del lago grey

Dois dos glaciares essenciais para o desafio de explorar na Patagônia chilena são os Grey e os Explorers.

Geleira Grey: se você fizer o circuito de trekking W em Torres del Paine, verá o mesmo caminho e poderá acessá-lo.

Geleira Exploradores: aqui você pode fazer uma caminhada incrível e exigente na geleira. Essa experiência é dos mais ousados, já que, para atingir seu limite, você deve fazer uma longa caminhada que começa em uma floresta mágica sempre verde.


: Chile Travel

Guía para descubrir los destinos excepcionales que se encuentran de norte a sur en Chile, compartiendo información y valiosos datos con todos los viajeros que aman su naturaleza indómita, paisajes llenos de contrastes y, por sobre todo, la calidez de su gente. // A guide to discover extraordinary destinations from north to south of Chile, sharing information and important data with travelers that love its untamed nature, landscapes full of contrasts and, above all, the warmth of its people.

Guía para descubrir los destinos excepcionales que se encuentran de norte a sur en Chile, compartiendo información y valiosos datos con todos los viajeros que aman su naturaleza indómita, paisajes llenos de contrastes y, por sobre todo, la calidez de su gente. // A guide to discover extraordinary destinations from north to south of Chile, sharing information and important data with travelers that love its untamed nature, landscapes full of contrasts and, above all, the warmth of its people.