Chile travel

Quatro destinos no Chile entre os mais sustentáveis do planeta

  • O Chile superou países como Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Estados Unidos e França. Nas Américas, apenas o Canadá obteve mais “lugares verdes” que o Chile.

Cabo de Hornos, Huilo Huilo, a ilha de Chiloé e Curacaví estão entre os “Top 100 Green Destinations 2016” do planeta, na segunda versão desta iniciativa conjunta de quatro organizações líderes em turismo sustentável – TravelMole, Vision on Sustainable Tourism, Totem Tourism e Green Destinations – que substitui a seleção realizada pela National Geographic até 2010.

Este é um reconhecimento internacional daquelas regiões do mundo que se destacam devido à sua biodiversidade e por realizar esforços para oferecer um turismo de maior respeito para com o meio ambiente.

Na edição anterior, em 2014, o lago Llanquihue e a ilha de Páscoa foram os únicos lugares chilenos incluídos na lista de 100 destinos verdes, junto com a Muralha da China, a cidade de Vancouver, no Canadá, o arquipélago português de Açores, e a cidade de Liubliana, capital da Eslovênia.

Cabo de Hornos
Criada em 2005, a reserva conta com uma superfície de 5 milhões de hectares, tanto marinhos como terrestres, que incluem três parques nacionais, entre eles o Alberto de Agostini, ao sul de Punta Arenas, e o Cabo de Hornos, parque vizinho de Puerto Williams e o que está mais ao sul do planeta.

A região protege milhares de pequenas plantas e liquens, que formam “as florestas em miniatura” do Cabo de Hornos. Considerando-se que o turismo duplicou nos últimos anos, foi criada no destino uma nova atividade de turismo sustentável chamada “ecoturismo com uma lupa”, para descobrir, desfrutar e apreciar os aspectos ecológicos, econômicos e estéticos e os valores éticos dos pequenos organismos que não são percebidos normalmente. Desenvolvida no Parque Omora, em Puerto Williams, a atividade tem baixo impacto ambiental e grande valor educativo, e permite que os visitantes conheçam a natureza local durante o ano todo.

Huilo Huilo
As principais atrações turísticas do destino são suas cascatas e o maior sistema de tirolesa da América do Sul. Huilo Huilo tornou-se um ponto para o turismo sustentável e, por consequência, tem registrado um importante aumento do número de visitantes. Muitas melhorias deste destino foram reconhecidas através de várias premiações das práticas sustentáveis que surgem na região.

Ilha de Chiloé
Este destino está voltado a um desenvolvimento sustentável do turismo e conta com uma comunidade local ativa, que participa dos processos de tomada de decisões. A ilha é conhecida por sua natureza e pelo patrimônio cultural, e trabalha ativamente na conservação e proteção deles. Além disso, a ilha apoia e promove artesãos que produzem localmente uma parte considerável dos souvenirs vendidos nesta região.

Curacaví
É uma localidade da Região Metropolitana de Santiago. O destino oferece a seus visitantes experiências naturais e culturais. Curacaví se concentra muito no apoio às tradições e culturas e, como parte destes esforços, a população local prepara pratos tradicionais de produtos orgânicos regionais. Além disso, o destino tem planos de política voltada à sustentabilidade.

http://chltvl.com/2016/10/IslandChiloé-San-JuanJuan-Jaeger.jpg


Inscrição newsletter