Chile travel

Chile celebra o seu destacado céu austral

Concertos, observação do céu, documentários sobre o universo, palestras de divulgação, oficinas e iniciativas variadas são parte das atividades que serão realizadas no Chile para celebrar em março o Dia Nacional da Astronomia. A finalidade da data é destacar o patrimônio natural constituído pelo excelente céu desse destino, difundir as investigações e despertar o interesse da comunidade.

O dia 17 de março apresenta um convite a se surpreender e se apaixonar pelo Universo no Chile, apagando as luzes e elevando a vista ao céu para aprender sobre os planetas, as estrelas, os cometas, os asteroides e as galáxias, sob o melhor céu do mundo.

O Chile é um país privilegiado para observação do universo, pois tem os céus mais limpos do planeta, permanecendo assim por mais de 300 dias por ano, com excelentes condições ambientais. Ademais, o seu céu austral permite observar o centro da Via Láctea durante muitas horas e vários meses do ano, além das Nuvens de Magalhães, as duas galáxias mais próximas da nossa e que só podem ser vistas do hemisfério sul.

Portanto, não é mera casualidade que a maior parte dos grandes observatórios mundiais esteja no Chile, posicionando o país como uma potência astronômica e, por conseguinte, de turismo astronômico, também chamado astroturismo.

Além de contar com o melhor céu para observar o universo, o Chile se destaca entre os demais destinos de astroturismo pela grande quantidade de observatórios: o país possui atualmente quase 13 observatórios científicos e 35 turísticos (totalizando 48) abertos ao público. Ademais, oferece também produtos de astroturismo como alojamentos temáticos e operadores turísticos que convidam a desfrutar o céu e seus encantos ao longo de todo o território nacional. Há ofertas entre as regiões de Antofagasta e Los Lagos, merecendo destaque a região de Coquimbo pela quantidade de serviços astroturísticos oferecidos.

Na região de Antofagasta, por exemplo, pode-se visitar durante o dia o Observatório Paranal, que conta com visitas guiadas gratuitas nos sábados, prévia inscrição. Está também ALMA, o maior projeto astronômico existente na atualidade, que pode ser visitado nos sábados e domingos pela manhã, requerendo também inscrição prévia. Outra região que se destaca no astroturismo do Chile é Coquimbo, possuindo 15 observatórios turísticos, cuja ampla oferta vai desde observações solar e noturna, até banhos em banheiras de quartzo sob o céu estrelado.

Com o astroturismo ganhando cada vez mais força no Chile, o país pretende ser, no ano de 2025, o destino mais destacado do mundo com esta temática, por meio do Roteiro do Astroturismo e de experiências de alta qualidade, atraentes, variadas e sustentáveis.

Como é impossível ficar indiferente ao céu estrelado do Chile, diversos fotógrafos, fanáticos pela astronomia e até mesmo astrônomos têm se dedicado a retratar estas maravilhas, especialmente no norte do Chile, por meio da astrofotografia. Com estas imagens, a comunidade em geral pode se impressionar, valorizar, conhecer e desfrutar o universo.

https://storage.googleapis.com/chile-travel-static-content/2017/03/Paranal_llegando-a-las-estrellas_ESOB.-Tafreshi.jpg