Chile travel

Informação geral

O país mais longo e estreito do mundo se estende entre a Cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico. Além de compartilhar fronteiras com Argentina, Peru e Bolívia, o Chile também tem território na Polinésia e na Antártica, transformando-se em uma nação tricontinental.

Do altiplano para os territórios austrais inexplorados do fim do mundo, Chile convida você a viver aventuras no meio do deserto mais árido do mundo, do único bosque temperado chuvoso da América do Sul, frente a glaciares milenários que esperam ser descobertos ou sob o olhar imponente da Cordilheira dos Andes em meio do movimento de modernas cidades como sua capital, Santiago.

Estes contrastes culturais e climáticos marcaram a identidade do país e de sua gente. Acolhedores, energéticos, próximos e amigáveis, os chilenos compartilham do amor pela sua terra, que convida a construir vínculos além das distâncias, a viver experiências únicas, a descobrir o Chile.

Como chegar

Chile se estende por 4.300 km ao longo da América do Sul, quase a metade do continente Graças a sua posição geográfica, você pode chegar pelo ar, mar e pela terra desde seus países vizinhos.

O acesso principal por avião é através do aeroporto com maior uso e conexões internacionais, o aeroporto Comodoro Arturo Merino Benítez de Santiago. Mas também existem outros seis aeroportos internacionais situados nas cidades de Arica, Iquique, Antofagasta, Isla de Pascua, Puerto Montt e Punta Arenas.

Por via terrestre, a postos de fronteira compartilhada com seus países vizinhos que lhe permitem entrar ao Chile, de Peru através de Arica; desde Bolívia por Arica, Iquique e Antofagasta; e desde Argentina em mais de 50 pontos, sendo os que se encontram a altura de La Serena, Santiago e Osorno são os mais movimentados.

Por via marítima os principais portos chilenos, especialmente Valparaíso, atracam cruzeiros com viajantes procedentes de todas as partes do mundo.

Entrada ao Chile

Para entrar no Chile, você deve apresentar sua documentação de identificação como a cédula de identidade ou passaporte. E dependendo do seu país de origem, seu visto carimbado.

 

Os cidadãos da América do Sul, União Européia, Estados Unidos, Canadá e Austrália não necessitam do visto como turista. Não obstante, alguns países devem pagar uma taxa em dinheiro (imposto de reciprocidade) ao chegar ao aeroporto do Chile.

Além disso, lembre-se que se você trouxer produtos de origem animal ou vegetal, ao ingressar deverá declarar estes perante o Serviço Agrícola e Ganadeiro (SAG), desta maneira estará contribuindo para proteger a variada flora e fauna do país.

Para mais informação sobre a entrada ao país, visite visados.com/en/visa-for-Chile

 

Moeda

Desde 1975 a unidade monetária do Chile é o peso, com moedas que equivalem a 1, 5, 10, 50, 100 e 500 pesos, e também notas de 1.000, 2.000, 5.000, 10.000 e 20.000 pesos.

Nas diversas cidades do país é possível encontrar com relativa facilidade caixas rápidos que permitem sacar dinheiro em moeda local. Também, grande parte dos comércios estabelecidos permitem pagar com cartões bancários internacionais.

Embora no Chile alguns comércios aceitem dólares ou euros, é conveniente que realize câmbio a pesos chilenos, sempre nos comércios estabelecidos, desta forma a diferença na conversão será menor.

Calcule a conversão de sua moeda a pesos aqui.

 

CLIMA

No Chile existem lugares onde não há registro de precipitações a dezenas de anos, enquanto que em outras zonas a chuva ressalta o verde dos bosques milenários.

Uma diversidade que encanta e que surpreende seus visitantes. Porque como conseqüência de sua geografia, o Chile tem quase todos os climas do planeta e as quatro estações do ano bem diferenciadas. A época mais quente é entre outubro e abril e a estação com as menores temperaturas se estende entre maio e setembro.

A temperatura vai declinando a medida que se viaja para o sul. No norte o calor de dia é permanente durante o ano,  enquanto que as noites são bastantes mais frias. A zona central é caracterizada por um clima mediterrâneo, e o sul  por temperaturas mais baixas e precipitações mais recorrentes ao longo do ano.

Conselhos de segurança

Se vier a Chile você deve estar atento a alguns dados que lhe ajudarão viver uma experiência segura e agradável:

  • Ao percorrer o país, assim como nas grandes cidades do mundo, você deve estar atento com suas bolsas e malas para evitar os pequenos furtos e viver de forma segura sua experiência no Chile.
  • Leve cópia de documentos importantes, como seu passaporte.
  • Evite caminhar sozinho durante a noite por lugares periféricos.
  • Não carregue objetos que chamem muito a atenção em via pública.
  • Mantenha sempre consigo um mapa e o endereço do lugar onde você esteja hospedado.
  • Se você viajar a lugares remotos das cidades, leve consigo um kit de primeiros socorros e os nomes em espanhol dos medicamentos que você possa necessitar.

Feriados Nacionais

Ao organizar sua visita ao Chile, você deve considerar os dias de feriados ou dedicados a celebração de ocasiões de grande importância.

Parte importante da população chilena aproveita os feriados para viajar entre regiões do país. As datas mais populares são Semana Santa, Natal, Ano Novo e Festas Pátrias o 18 e 19 de setembro, quando se comemora a independência do país.

Por essa razão é importante que planeje suas viagens em avião ou ônibus com antecedência, assim como reservar seu alojamento, já que geralmente há uma grande demanda por estes serviços. Além disso, considerar que durante os feriados não facultativos grande parte dos locais comerciais fecham suas portas.

Escritórios de Informação Turística

Ao longo de todo o Chile você pode encontrar espaços de atenção dedicados a dar informação e orientação àqueles que estão de visita no país.

A maioria dos Centros de Informações Turísticas atendem de segunda a sexta-feira, das 9:00 às 18:00 horas, e aos sábados, das 10:00 às 14:00 horas. Dirija-se a estes locais para solicitar materiais turísticos que possam facilitar a sua estadia e a sua visita.

Encontre o centro de informações turísticas mais próximo ao seu destino e os horários específicos de atendimento no site www.sernatur.cl

TELEFONES DE CONTATO

Migração e Polícia Internacional: (+56) 2 2708 1043
Controles de fronteiras: (+56) 2 2486 3101
Polícia Militar (Carabineros de Chile): 133
Policía Civil (PDI, Policía de Investigaciones): 134
Ambulância (SAMU): 131
Bombeiros: 132
Plataforma do Ministério da Saúde (Salud Responde): 600 360 77 77

Principais consulados e embaixadas no Chile

  • Alemanha: (+56) 2 2463 2500
    Argentina: (+ 56) 2 2582 2500
    Austrália: + 56 2 2550 3500
    Brasil: (+56) 2 2876 3400
    Bolívia: (+56) 2 2232 8180
    Canadá: (+56) 2 2652 3800
    China: (+56) 2 2233 9880
    Colômbia: (+56) 2 2220 6273
    Coreia do Sul: (+56) 2 2228 4214
    Espanha: (+56) 2 2235 2754
  • Estados Unidos: (+56) 2 2330 3000
    França: (+56) 2 2470 8000
    Holanda: (+56) 2275 69200
    Italia: (+56) 2 2470 8400
    Japão: (+56) 2 2232 1807
    México: (+56) 2 2583 8400
    Perú: (+56) 2 2339 2600
    Reino Unido: (+56) 2 2370 4100
    Rússia: (+56) 2 2208 6254

Inscrição newsletter